A OEA nos tempos da neutralidade com partido

Nesta semana, Miami sediou um evento interessante, chamado Cúpula Latinoamericana de Marketing Político e Governança. Os temas desenvolvidos por lá devem ser vistos provavelmente nas próximas eleições do continente, ao talvez em outras jogadas comunicacionais na preparação para elas. O curioso, no entanto, foi ver o secretário-geral da OEA (Organização dos Estados Americanos) participar de…

Direita equatoriana rechaça derrota e ameaça repetir Capriles e Aécio

Quando o Conselho Nacional Eleitoral (CNE) anunciou que o resultado das urnas neste domingo (2/4) já era irreversível, e confirmava a vitória do candidato governista Lenín Moreno – que foi vice de Rafael Correa em seu primeiro mandato –, o Equador teve que enfrentar o mesmo momento de tensão política pelo qual passaram a Venezuela…

Golpes e contragolpes da permanente crise venezuelana

O noticiário internacional desta quinta-feira (30/03) foi marcado por um novo episódio no recrudescimento da crise política na Venezuela. Como o Brasil também vive numa crise política, fruto de um golpe de Estado que suscita a controvérsia de se foi ou não foi, é inevitável que a reação seja a de trasladar a discussão para…

Macri encurralado pelas memórias argentinas

Centenas de milhares de pessoas na e praça e nas avenidas ao redor da Casa Rosada, ou em outros diferentes pontos da capital, se tornaram quase uma paisagem habitual para o presidente argentino durante este mês de março. O governo de Mauricio Macri começou com a esperança de marcar a renovação da direita na América…

Por que os chilenos estão nas ruas contra a previdência privada

Desde julho de 2016, o assunto político mais importante do Chile é o sistema previdenciário. Multitudinárias marchas realizadas nas principais cidades do país, uma delas com quase um milhão de pessoas, exige o fim do sistema criado durante a ditadura, e que só agora, quando as primeiras pessoas estão se aposentando por ele, se descobriu…

Um Lenín moreno para salvar a esquerda latina

É grande a apreensão em toda a América Latina a respeito do que acontecerá neste domingo (19/2) na metade do mundo. Apreensão que toma conta especialmente das esquerdas equatoriana e latinoamericana, que não dissimulam a metáfora do último fio de esperança. Essa esperança se chama Lenín (assim mesmo, com acento no “í”), uma saborosa curiosidade…

Macri perdoa dívida bilionária de sua família, e culpa Cristina

Uma dívida de mais de 70 bilhões de pesos argentinos (equivalentes a 14 bilhões de reais, mais ou menos), desapareceram de uma canetada. O autor da canetada foi o presidente argentino Mauricio Macri, e a beneficiada pela medida é a família Macri. Se trata da bilionária dívida que a empresa Correo Argentino têm com o…

12F: México marchará contra Trump neste domingo

“Seremos um imenso muro humano nas ruas”, é uma das consignas usadas para convocar os atos programados para este domingo (12/2) em diversas cidades mexicanas, em protesto contra a intenção do presidente estadunidense Donald Trump de construir um muro em toda a fronteira entre os dois países. A insistência do mandatário vizinho em impulsar a…

Informe estadunidense introduz a Odebrecht nas eleições do Equador

A onda de retomada do poder por parte da direita na América Latina terá um difícil desafio neste começo de 2017: vencer a hegemonia da Aliança PAIS no Equador, uma das forças de esquerda mais bem consolidadas no continente. Terá a seu favor o fato da esquerda também encarar o seu próprio e bastante duro…

O perdão sem arrependimento dos torturadores chilenos

Nesta sexta-feira (23/12), o Chile viveu a realização de um momento esperado há dias: a anunciada missa de natal na Penitenciária Especial de Punta Peuco, na qual foram lidas dez cartas com pedidos de perdão de ex-militares condenados por crimes durante a ditadura. Mas perdão por quê? Como? Para quem? E, principalmente, para quê? Das…