Bergoglio, cinco anos atrás: aonde estava o Papa progressista?

Na madrugada de 15 de julho de 2010, após uma sessão que durou 15 horas, o Senado argentino aprovou o casamento igualitário. Cinco anos depois, pelo menos 10 mil gays se casaram no país – o primeiro da América a permitir oficialmente o matrimônio entre pessoas do mesmo sexo em todo território nacional. Ao que parece, não foram apenas os direitos civis que mudaram desde então. As tarefas do papa Francisco sofreram significativas alternações de rumo desde então.

Depois de ser escolhido em março de 2013 o primeiro pontífice do hemisfério sul, comporta-se como um símbolo de mudanças na Igreja Católica. Além de abordar temas delicados para o Vaticano, como a pedofilia praticada por membros da Igreja, fez, recentemente, críticas ao capitalismo, pediu perdão pelos crimes da Igreja e clamou por uma mudança na situação de trabalhadores e camponeses. Recebeu, na quinta-feira (09), um crucifixo com uma foice e um martelo do presidente boliviano, Evo Morales.

Evo Morales presenteia o papa Francisco com uma réplica da Cruz de Espinal. (Foto:AFP)

Evo Morales presenteia o papa Francisco com uma réplica da Cruz de Espinal. (Foto:AFP)

Em 2010, porém, o ainda cardeal Jorge Mario Bergoglio tinha uma postura mais conservadora. Foi um dos líderes do movimento contrário à aprovação do matrimônio igualitário na Argentina, com o argumento de que se tratava de um “projeto do demônio”, uma “pretensão destrutiva do plano de Deus”. Em uma carta enviada a quatro monastérios, pediu que cada um “clamasse ao Senhor para enviar seu Espírito aos senadores”:

“O povo argentino deverá enfrentar, nas próximas semanas, uma situação cujo resultado pode ferir gravemente a família. Trata-se do projeto de lei sobre matrimônio de pessoas do mesmo sexo (…) está em jogo a identidade e a sobrevivência da família: pai, mãe e filhos. Está em jogo a vida de tantas crianças que serão discriminadas de antemão (…) Não sejamos ingênuos: não se trata de uma simples luta política; é a pretensão destruidora do plano de Deus. Não se trata de um mero projeto legislativo (este é somente o instrumento), mas uma jogada do Pai da Mentira que pretende confundir e enganar os filhos de Deus”, escreveu (a íntegra da carta está no final deste post).

Da mesma forma como ocorre no Brasil, o debate foi, na Argentina, precedido por uma série de disputas judiciais e por protestos e pressão de setores conservadores. Na véspera do debate no Senado, a Igreja católica montou uma vigília na frente do Congresso para tentar influenciar o resultado.

Oficialmente, Francisco nunca se pronunciou favorável ao casamento igualitário, mas tenta sinalizar medidas progressistas neste sentido. Foi o primeiro papa a usar o termo gay em vez de homossexual. E em 2014 uma reportagem publicada pelo New York Times chegou a afirmar que o papa defende união entre pessoas do mesmo sexo, colocando a responsabilidade da carta enviada em 2010 nos temores da Igreja.

Apoiadores do casamento gay na frente do Congresso argentino em 2010

Apoiadores do casamento gay na frente do Congresso argentino em 2010

Apesar dessa resistência, o matrimônio igualitário foi ratificado pelo Senado argentino (33 senadores votaram a favor, 27 contra e 3 se abstiveram) dez semanas depois de o projeto ter sido aprovado pela Câmara. Uma semana depois, a presidente Cristina Kirchner sancionou a lei. Clique aqui para acessar seu texto.

Casamentos desde 2010

Na província de Buenos Aires, casaram-se 2998 casais e, somente na cidade de Buenos Aires, 2278, segundo números do Registro Civil citados pelo jornal Página 12. É difícil precisar os dados do resto do país porque, em algumas localidades, não se contabilizou separadamente o registro de casamentos igualitários do total. Em outras, essa conta começou a ser feita oficialmente um tempo depois do início da vigência da lei. Na província de Corrientes, casaram-se 579, segundo dados oficiais, enquanto organizações pela diversidade sexual estimam que foram 970. Na cidade de Corrientes, foram 127. Em Santa Fé, foram entre 143 (oficial) e 895 (organizações); em Santa Cruz, 143 e 895, e em Mendoza, foram 415.

Antes de a lei ser votada, nove casais gays tiveram permissões judiciais para se casar por registro civil, mas alguns matrimônios foram anulados por outros juízes. Os casais recorreram da decisão.
Em Buenos Aires, em 2002, foi legalizada a união civil entre pessoas do mesmo sexo.

Apesar dos temores do papa (ou da Igreja), as famílias não acabaram na Argentina. Neste 15 de julho, os argentinos comemoram não apenas os cinco anos da vigência da lei, mas também um novo reconhecimento de filiação tripla concedido em documento oficial. Furio Carri Dilon Ros, 6 anos, tornou-se, em 13 de julho, filho de Albertina Carri, Marta Dillon e de Alejandro Ros em seu registro civil. Marta e Albertina se casaram em 2010 e o pedido de tripla filiação foi feito pelo cartório sem que houvesse necessidade de intervenção judicial.

O primeiro caso da Argentina (e também da América Latina) foi de Antonio, em 23 de abril de 2015, filho de Susana Guichal, Valeria Gaete e Hernán Melazzi.

Leia a carta do cardeal Bergoglio:

Escrevo estas linhas a vocês que estão nos quatro monastérios de Buenos Aires. O povo argentino deverá confrontar, nas próximas semanas, uma situação cujo resultado pode ferir gravemente a família. Trata-se do projeto de lei sobre o matrimônio de pessoas do mesmo sexo.
Aqui estão em jogo a identidade e a sobrevivência da família: pai, mãe e filhos. Está em jogo a vida de tantas crianças que serão discriminadas de antemão, privando-se do amadurecimento humano que Deus quis que se desse com um pai e uma mãe. Está em jogo o rechaço direto à lei de Deus, gravada, ademais, nos nossos corações.

Recordo uma frase de Santa Teresinha quando fala sobre sua enfermidade de infância. Disse que a inveja do Demônio quis cobrar em sua família a entrada de sua irmã maior ao convento de Carmelo. Aqui também está a inveja do Demônio, através da qual entrou o pecado no mundo, que de modo arteiro pretende destruir a imagem de Deus: homem e mulher receber o mandato de crescer, multiplicar-se e dominar a terra. Não sejamos ingênuos: não se trata de uma simples luta política. É a pretensão destrutiva ao plano de Deus. Não se trata de um mero projeto legislativo (este é meramente o instrumento), mas de uma “movida” do pai da mentira que pretende confundir e enganar os filhos de Deus.

Jesus nos disse que, para nos defendermos deste acusador mentiroso, nos enviará o Espírito da Verdade. Hoje, a Pátria, perante esta situação, necessita da assistência especial do Espírito Santo para que pinha a luz da Verdade em meio da obscuridade do erro. É necessário que este advogado nos defenda do encantamento de tantos sofismas com que se busca justificar este projeto de lei, e que confundem e enganam até mesmo pessoas de boa vontade.

Por isto, recorro a vocês e lhes peço oração e sacrifício, as duas armas invencíveis que Santa Teresinha confessava ter. Clamem ao Senhor para que envie o Espírito aos senadores que hão de dar seu voto. Que não o façam movidos pelo erro ou por situações de conjuntura, mas segundo o que a lei natural e a lei de Deus os prescreve. Peçam por eles, por suas famílias; que o Senhor os visite, os fortaleça e console. Peça para que eles façam um bem à Pátria.

O projeto de lei será tratado no Senado depois de 13 de julho. Olhemos para São José, Para Maria, para o Filho, e peçamos com fervor que eles defendam a família argentina neste momento. Recordemo-los aquilo que Deus mesmo disse a seu povo em um momento de muita angústia: “esta guerra não é vossa, mas de Deus”. Que eles nos socorram, defendam e acompanhem nesta guerra de Deus.

Obrigado pelo que farão nesta luta pela pátria. E, por favor, também peço a vocês que rezem por mim. Que Jesus as abençoe e a Virgem Santa Maria cuide de vocês.

Com carinho,
Cardeal Jorge Mario Bergoglio, arcebispo de Buenos Aires

  • Mirela B. Machado

    Ótimo texto, Dani!

  • E eu com isso?

    Pois é Daniella. Constatamos que o Papa Francisco é uma pessoa coerente com a fé que professa e, naturalmente, não irá agradar a todos. Nem por isso deixa de ser importante seu posicionamento firme como líder religioso perante as mazelas sociais crescentes que atingem bilhões de pessoas no mundo todo e que impedem o desenvolvimento espiritual e da humanidade. Na minha opinião, isso é muito mais importante do que a opção sexual de cada indivíduo, que aliás, aflige somente aqueles que não se sentem seguros da opção que escolheram, seja ela qual for.

  • Eliana Souza Furtado

    Mas antes ele falava e agia para uma paróquia, agora ele fala e age para o mundo! E a responsabilidade também é outra. O Papa é para todos os cristãos e ele tem sabido exercer seu papado como poucos.

    • Ricardo Staack

      O Papa é para todos os terráqueos, não só para os cristãos, existem muitos bandidos que se intitulam ‘cristãos’, como o covarde policial terrorista NAZISTA norueguês Breivik, que colocou carro bomba na cidade e matou mais 69 jovens, um a um, com seu fuzil, num acampamento na ilha de Utoya, sem ser impedido.

    • [email protected]

      Fatos:

      -Os Judeus ainda esperam o Cristo.

      -Em dezembro de 2014, Simon Peres e Bergóglio falam em criar a ONU das religiões,

      -Em 21 de setembro de 2015 Bergóglio diz que o mundo precisa de um lider mundial.

      -Em 24 de setembro de 2015 Bergóglio diz que Jesus fracassou,

      A biblia diz que viria a abominação desoladora que se assentaria no trono de Israel.

      Esta abominação será este que Bergóglio ja conhece e o indicará pra se assentar no trono de Israel.

      Aguardem, Bergóglio esta preparando o caminho

  • Bruno Queiroz

    Os cardeais tem que exigir uma satisfação do papa Francisco sobre sua posição politica. O papa está defendendo o comunismo e ele sabe muito bem que está excomungado pelo decreto de PIO XII de 1949 e confirmado pelo para João XVIII em 1959. A sociedade está confundindo o conceito de intolerância, devemos reconhecer os direitos civis para todos os cidadão independente da sua opção sexual, porem o que é colocado em questão é a destruição da família pregado pelos comunistas.

    • Victória Calixto

      O papa, em nenhum momento, pregou o comunismo. Ele criticou o capitalismo – ou a sua visão do capitalismo – mas isso não significa propor o comunismo. Segundo ele próprio “devemos achar um novo sistema”, ou seja, acredito que ele seja adepto da Terceira Via, ao estilo Tony Blair. O que é irônico, porque foram justamente as instituições social democratas que contribuíram para a queda do catolicismo na Europa, ao substituir boa parte das instituições eclesiásticas. Ou seja, ele não está excomungado – mas certamente o que ele defende não é benéfico para a Igreja Católica, como instituição. Como não sou católica, entretanto, não me importo tanto com o que ele diz.

      • Bruno Queiroz

        Victória Calixto, motivos que torna o papa comunista: 1°) aceitação do presente de Evo Morales (preste atenção no presente) 2°) O Papa diz que “os comunistas são cristãos não assumidos”. Agora digo Stalin é cristão? Mao-Tse Tung é cristão? Hitler é cristão? os verdadeiros cristãos devem reconhece-los como cristão? acredito que não, né? 3°) Os movimentos sociais, a qual o papa defende, querem privilégios civis e não direito civis.

        • Douglas Santana

          Hitler não é nada, pois já está morto. O certo seria “era”. Onde você leu?? Que ele era comunista. Estude mais um pouco.

        • Daniel

          Dizer que “Hitler era comunista” é uma característica do olavismo cultural.

          Pare de seguir o astrólogo geocentrista e você terá uma visão do mundo um pouco mais fiel a realidade.

          • Admir Nogueira

            Ele era nacionalista, favorável a um Estado forte e perseguiu as liberdades individuais. Está ao lado dos comunistas, na contramão da liberdade e da democracia. Aliás, ele matou menos do que Stálin, maior assassino do século.

            • Ricardo Staack

              Só que o nacionalismo do Hitler era RACIAL. Nação Ariana, todas as vantagens do socialismo, só eram permitidas para os NACIONAIS, no sentido racial. Nacionalismo econômico, qualquer país que queira crescer, tem de adotar, no Brasil somos nacionalistas econômicos e as vantagens do socialismo são para todos. Socialistas morenos, tudo junto e misturado. Os eternos e figadais inimigos do socialismo sempre foram os nazistas. Henry Ford, tremendo antissemita, acusava os judeus de serem responsáveis pelo comunismo, e era admirado pelos nazistas, que amavam o livro do Henry Ford de 1920 “O Judeu Internacional”. Ford também foi muito elogiado pelo seu ‘genuíno’ americanismo pela famigerada Ku Klux Klan, que assassinou em 1968 Martin Luther King, prêmio Nobel da Paz, pela luta pacífica contra a segregação racial nos EUA, que era oficialmente um país racista e segregacionista na contra mão das liberdades para todos os americanos, até 1964. Hoje ainda é, oficiosamente.

          • Ricardo Staack

            “Olavo de carvalho um filósofo para racistas e idiotas”. Pesquise a frase anterior. Lobobão nazistão, Roger Moreira e outros são Olavetes deslumbradas.

    • Carlos E. A. Henriques

      Uma coisa que aprendí na vida é que família são os com quem se conta. Conheço várias famílias “exóticas” por assim dizer onde reinam paz, respeito, amor, união e alegria. Também em um número bem parecido de famílias “tradicionais” onde reinam mesquinhez, inveja, ódio, cisão, adultério, roubo, fofocas, intolerância… emfim tudo menos amor.

      • Bruno Queiroz

        Engraçado, o que é o comunismo? seria tudo isso que você disse: “inveja, ódio, cisão, adultério, roubo, fofocas, intolerância… emfim tudo menos amor”? Ou estão pregando o amor? Primeiramente você entende o que é uma instituição familiar? Você tem certeza que as famílias “tradicionais” possuem esses pontos negativos citados por você? Você não tem ideia to que está falando porque a sua mente está entupida de esteriótipo ensinado nos meios de comunicação e universidades. Eu já fui defensor do comunismo e arrependo ate hoje por isso. Eu investiguei e li vários livros sobre o objetivo politico comunista na sociedade. Então, Carlos E. A. Henriques procure conhecer primeiro

        • Carlos E. A. Henriques

          PS. não sou comunista e penso que ele só funciona bem em colônias de insetos.

          • kerwson lisi

            Nem em colonias de insetos, se fosse assim não existia a abelha rainha…kkk…comunismo só existe na cabeça de idiotas úteis, organicos cúmplices e ditadores assassinos.

      • Carlos E. A. Henriques

        Falei de família… o que tem comunismo a haver com isso? Em tese quase todo mundo nasce em uma, não sabia que os comunistas haviam desenvolvido a tecnologia de gestação in vitro como em “Admirável Mundo Novo”. Rssss. Que aliais era uma visão de um mundo comunista utópico de Huxley onde não havia o conceito de família e a sociedade era dividida em castas genéticas.
        A Igreja Romana tem aversão ao comunismo soviético pelo fato de haver sido destituída de suas posses na Rússia e os taxava de ateus, hereges e coisas assim.

        • Bruno Queiroz

          Mas é exatamente isso que estou querendo dizer. O Comunismo quer destruir a família, instaurar uma cultura homogênea, ditadura inquestionável e não podemos deixar que isso aconteça. O livro é espetacular porque é exatamente isso que o PT quer fazer. Eu digo que o partido PT deve ser destruído, se ocorrer uma ditadura comunista no Brasil será tarde demais.

      • Antonio Jose

        Esses problemas podem ocorrer tanto em famílias “tradicionais” quanto nas “exóticas” pois ambas são humanas, do jeito que fala até parece que não há problemas como violência doméstica em famílias “alternativas”.

    • E eu com isso?

      Se o Papa é comunista, Jesus Cristo também foi.

  • Carlos E. A. Henriques

    O Papa é um soberano eleito por um colegiado de pares. Conseqüentemente é um político e político que é político em qualquer lugar deste planeta e possivelmente em outros articulam, dissimulam e mentem, mesmo com a melhor das intenções. Se os frutos de suas articulações forem bons não há por que recrimina-lo.

  • Thiago

    Em 2010 estávamos sob o jugo conservador de Bento XVI, e um Cardeal é – ou pelo menos deve ser – reflexo da hierarquia.

  • Érico Joaquim

    Daniela, é compreensível a dúvida que você possui. No entanto, não é tolerável sua tentativa de desconstrução da imagem do Papa Francisco. Não se esqueça: antes de ser um soberano (e político, como muitos aqui afirmam), tenha em mente que é um chefe religioso e seus posicionamentos não necessariamente devem defender um ou outro ponto de vista de quaisquer grupos, mas sim a posição da Santa Igreja. O Papa não está, como a maioria dos políticos, atrás de votos e favores, mas sim de fiéis. O seu intuito não é ganhar uma eleição, mas sim promover a paz e o amor, mantendo a unidade familiar, de acordo com os ensinamentos cristãos. Antes de julgá-lo com perguntas, tais como “onde estava”, “para onde vai”, etc., leia primeiramente a nova Encíclica “Laudato Si”, na qual ele deixa, com sua peculiar humildade franciscana, transparecer toda a sua preocupação com a humanidade, o meio ambiente e com nosso planeta. Verás que seu juízo sobre ele é apressado.

  • Alvarez Cabral

    ESTÁ EXPLICITO QUE A IGREJA FOI COOPTADA PELA REVOLUÇÃO COMUNISTA MUNDIAL LIDERADA PELO ESCROQUE OBAMA E SUA CLAQUE.

    • Daniel

      Pare de seguir o astrólogo antes que seja tarde demais!

      • Admir Nogueira

        Está se referindo ao Brahma, divindade hindu?

      • kerwson lisi

        vc está contente pq é um comuna de marca maior.

    • Ricardo Staack

      Esse cara do teu avatar é o Macartney do Macartismo (em inglês McCarthyism) é o termo
      que descreve um período de intensa patrulha anticomunista, perseguição
      política e desrespeito aos direitos civis nos Estados Unidos que durou
      do fim da década de 1940 até meados da década de 1950. Charlie Chaplin teve de fugir dos EUA, para não ser preso, e só pode voltar velho, Macartismo era uma espécie de ‘indústria’ que foi exportada para a América latina e do Sul, sabe como é, se existem dólares para caçar comunas ou ET’s por exemplo, tem uns ‘espertos’ que sempre acham, o que está sendo caçado para embolsar os dólares. Exemplo; existe um milhão de dólares para caçar terroristas no Rio de Janeiro, um espertinho, faz um investimento de 50.000,00 R$ compra umas armas, vai em alguma favela cria um grupo revoltado e voilá, eis ai os terroristas, que ele entrega para as autoridades para embolsar o tal milhão. No tempo da ditadura aqui no Brasil, haviam os ‘estudantes profissionais, que estavam nas universidades, oferendo leitura ‘subversiva’, para depois ferrar quem pegasse, como o canalha do cabo Anselmo, que entregou a própria esposa com um filho dele na barriga.

      • Alvarez Cabral

        É DO PAUL MACARTNEY DOS BEATLES

    • Ricardo Staack

      Charlie Chaplin fez um filme sacaneando Hitler, foi o bastante para ser chamado de comuna. Cai na real, se estão te chamando de comuna é para te ROUBAR.

    • Ricardo Staack

      Comunismo canalha já era, só na Coreia do Norte, onde o gordinho déspota mandou fuzilar o tio uma ex namorada etc, nem na China, que é capitalista agora.

  • Marcos

    Papa comunista ZzzzZzz.. que sono dos teóricos conspiratórios olavetes de carvalho. Se o Papa é Comunista porque falou sobre o capitalismo, esses cristãos se voltassem no tempo, diriam que Jesus era anarquista e maconheiro, além de defensor de bandidos, prostitutas e anti-religião. Até porque a defesa contra a pobreza e a divisão da riqueza é um assunto muito mais cristão do que comunista, existiu 1.800 anos de pregação cristã a favor dos necessitados, os apóstolos eram os verdadeiros agentes da pregação social, não os esquerdas caviar que viviam no mundo das fadas que incluem Marx, Bakunin, Engels e Lenin. Dizer que o Papa é comunista seria o mesmo que dizer que Lenin, Marx e Stalin eram Cristãos porque pregavam a divisão da riqueza 1.800 anos depois de Jesus.

    • Antonio Jose

      Isso mesmo sem contar as várias encíclicas sociais que Papas anteriores escreveram.

    • Zenio Silva

      Marcos, rótulo é rótulo! Só interessa ao “rotulador”… O Papa comunista, tá bom, conta outra agora!!!

    • Ricardo Staack

      Olavo de Carvalho: um filósofo para racistas e idiotas.

      • kerwson lisi

        todo comunista adora desqualificar o contraditório…Stalin, Mao, Fidel, Pol Pot, santinhos…Olavo sobrevive de suas obras, não tem emprego de pelego petralha federal, e se mete o pau nos comunistas é meu aliado.Esquerda nem para guardar o Bráulio!

        • Ricardo Staack

          Não importa que a Guerra Fria tenha terminado e o comunismo internacional tenha arrefecido juntamente com ela; ele não se deu por satisfeito e continua sua cruzada incansável contra todo esquerdismo, como ele caracteriza as entidades globalistas que, segundo ele, pretendem solapar os valores da família cristã e impor em seu lugar a agenda dos movimentos homossexual, feminista e ambientalista. Há anos ele tem sido um dos defensores de golpes militares pró-Estados Unidos na América Latina. Lobobalhão nazista adora o Olavo de Carvalho. https://bertonesousa.wordpress.com/2012/10/28/olavo-de-carvalho-um-filosofo-para-racistas-e-idiotas/

          • kerwson lisi

            Vc está aterrorizado pq nós brasileiros acordamos e não aceitamos mais suas mentiras de comunismo ditatorial e escravagista via socialismo bufa, se comunismo fosse bom não teria falido todos os países que infectou e matado mais de cem milhões de inocentes, veja os exemplos que vc tem para nos convencer que esta merda presta…CÚba, Coreia do Norte e Venezuela….kkkk…gramsciano ridículo!!!!!!!Se quer ser comuna e viver na bosta vai para qualquer paraíso deste que eu citei Ricardo Asnostaack

            • Ricardo Staack

              Se você é olavete, ou é uma coisa ou outra. Entre nesses sites nazistas que o Olavo tanto adora ‘nova ordem mundial’ ‘nuevoerden’, e você vai cair na real, o inimigo número um deles é o Ché Guevara, as ideais são iguais as suas, e chega a ser hilário a força que eles fazem, e a quantidade de linhas que usam quando tentam defender e explicar o que é liberdade de expressão, Hitler falava igualzinho ao Olavo de Carvalho, falava poe exemplo, “”Meus sentimentos, como Cristão, mostram-me meu Deus e Salvador como
              um lutador. … Como Cristão … eu tenho o dever de ser um guerreiro
              pela justiça e verdade”””, essas frases religiosas estão no livro do fedorento
              Baynes, Norman H., ed. (1969). The Speeches of Adolf Hitler: April 1922-August 1939.
              New York: Howard Fertig. pp. 19-20, 37, 240, 370, 371, 375, 378, 382,
              383, 385-388, 390-392, 398-399, 402, 405-407, 410, 1018, 1544, 159.

              https://pt.wikipedia.org/wiki/Vis%C3%A3o_religiosa_de_Adolf_Hitler

            • Ricardo Staack

              Pesquise , você vai encontrar ===>

              As raízes norte-americanas do nazismo

            • Ricardo Staack
            • Ricardo Staack
            • Ricardo Staack

              Ele apoia os fascistas torturadores de 1964, os EUA nessa época era um pais racista e segregacionista oficial. E apoiaram o golpe, tem até telegramas entre o embaixador no Brasil e O PRESIDENTE AMERICANO poucos dias antes do golpe em apoio as passeatas, se informe. Olavo entreguista de carteirinha.

        • Ricardo Staack

          Pesquise ==> blogdojuarezsilva wordpress com 2014 06 25 olavo de carvalho um filosofo para racistas e idiotas

        • Ricardo Staack

          Veja esse vídeo ===> youtube com watch?v=MXByDje4Oc8

        • Ricardo Staack

          .youtube com watch?v=1QShqmm1uKU

        • Ricardo Staack

          youtube com watch v=M22yGwwu3Ow

        • Ricardo Staack
  • Antonio Jose

    A Igreja tem um corpo de doutrinas que acredita ser de origem divina e não vai mudar, simples assim, é católico quem quer. Não faz sentido alguém querer que a Igreja fique mudando suas doutrinas, seria como um amante do churrasco querer que o hinduísmo deixe de considerar a vaca sagrada.
    E a Igreja tem uma ampla doutrina social, na Bíblia há várias passagens com o mandamento de ajudar os necessitados, nada disso é novidade.
    Quanto ao presente é bem claro pela expressão facial que o Papa não gostou e aceitou o presente apenas para não ser mal educado.

  • Elvis Gimenes

    Como Bispo, Bergoglio devia obediência ao Vaticano, e pelo dever de obediência deveria seguir a linha da Congregação para a família e da Congregação para a doutrina da Fé. Como Pontífice, sumo sacerdote e chefe da Igreja, deve obediência somente a Deus, através de sua consciência.
    Não fosse submisso ao poder Papal jamais teria sido eleito papa pelo colegio de cardeiais.

  • Victor Fernandes

    O problema da análise é a dualidade com que se tratam as questões políticas entre conservador e progressista. Problema que nós temos enfrentado em nosso pais.
    A verdade é que ser contrário ao status de família para uma união homoafetiva não te impede de defender os interesses das classes trabalhadoras. Os marxistas sempre acham que a defesa do oprimido é uma bandeira só, mas esquece que nem todos vivem sob a mesma ótica.
    A Igreja tem tido oficialmente a mesma postura desde o início do século passado. Condena o capitalismo selvagem, assim como condena a proposta socialista. Acredita no que chama de família nuclear (pai, mãe e filhos), e por isso mesmo condena o casamento gay, mas não considera o que chama de inclinação homossexual como uma aberração passiva de tratamento psicológico.
    O que a esquerda moderna não consegue compreender é que o mundo possa ser visto e compreendido sem as dualidades marxistas. Tudo hoje se resume em oprimido/opressor, incluídos/excluídos. E não notam que a justiça perpassa variáveis relativas e que a bem falada diversidade tem suas contradições, sem, no entanto, ter uma natural racionalidade.
    Em outras palavras, para além das fronteiras sociais, há a consciência humana que faz juízos das coisas. Há burgueses preocupados com a condição social de seu país e com a valorização de seus empregados, como há trabalhadores cuja razão da sua vida é tornar-se um burguês egocêntrico e avaro.
    Para o cristianismo são os juízos pessoais a questão maior do mundo. Ainda que essa noção cristã tenha sua versão marxista em Sartre, o livre arbítrio é o ponto de partida para se compreender o justo do injusto na Igreja. Mas não se enganem, ela não porá a liberdade acima do que supõe ser a natureza. Logo, optar por uma atitude contrária à racionalidade divina será tão errado que submeter a liberdade humana.

  • Ricardo Staack

    Errou como Arcebispo mas acertou como Papa. Cristo foi o primeiro socialista, amar ao próximo como a si mesmo é a expressão disso,

    • kerwson lisi

      Errou vc! Um verdadeiro socialista jamais ama ou amou o próximo quanto a si mesmo, ele ama sim…o dinheiro do próximo, só isso e nada mais.

      • Ricardo Staack

        Um capitalista, pela lógica capitalista, não vai querer gastar nenhum tostão com alguém que NÃO SEJA; parente, conhecido, ou ‘sócio’ do mesmo clube, ou loja maçônica a qual ele pertença. Dar alguma ajuda, ou a PRÓPRIA VIDA, por um completo estranho, NEM PENSAR. Um capitalista vê os próximos, desconhecidos, como possíveis fonte de algum dinheiro para si mesmo, e não despesas de qualquer ordem. A mensagem de Cristo é claramente socialista, “Fazer o bem sem olhar à quem, e SEM esperar nada em troca”. A mensagem de Cristo vai frontalmente contra a ‘lógica’ capitalista. Nos EUA há poucos dias os capitalistas inauguraram uma enorme estátua do Baphomet, o diabo, são os adoradores do deus dinheiro. Quem adora o dinheiro, se torna escravo do dele, e jamais poderá adorar a DEUS e seguir o mandamento de Cristo. As coisas estão ficando claras no planeta. É o apocalipse de Jesus, bíblico. Claro que covardes e judas, sempre existirão, sejam socialistas, capitalistas ou outra denominação qualquer. Quem cobiça o dinheiro do próximo são os capitalistas.

        • kerwson lisi

          Seu ódio a Judeus denuncia que vc é o único caso de comunista nazista(kkk), deve ser o capeta mesmo, e ainda diz que o Olavo é preconceituoso…vai para CÚba comuna pq a Alemanha de Hitler não existe mais.

      • Ricardo Staack

        E a etimologia das palavras revela muito. O capitalista tende ao acúmulo de capital e desconfia do próximo cinicamente, pois o bom jogador julga os outros por si.

  • kerwson lisi

    Já tivemos um para de Hitler, agora temos um Papa comunista Argentino, e só poderia mesmo ser Argentino para ser tão esquerdopata…a igreja a seu comando prestará um deserviço ao mundo livre e democrático.

    • Ricardo Staack

      Comunista é o cacete, o Papa Francisco só não é, um hipócrita.

  • Ricardo Staack

    Jesus Versus Baphomet. Um capitalista, pela lógica capitalista, não vai querer gastar nenhum
    tostão com alguém que NÃO SEJA; parente, conhecido, ou ‘sócio’ do mesmo
    clube, ou loja maçônica a qual ele pertença. Dar alguma ajuda, ou a
    PRÓPRIA VIDA, por um completo estranho, NEM PENSAR. Um capitalista vê
    os próximos, desconhecidos, como possíveis fonte de algum dinheiro para
    si mesmo, e não despesas de qualquer ordem. A mensagem de Cristo é
    claramente socialista, “Fazer o bem sem olhar à quem, e SEM esperar
    nada em troca”. A mensagem de Cristo vai frontalmente contra a ‘lógica’
    capitalista. Nos EUA há poucos dias os capitalistas inauguraram uma
    enorme estátua do Baphomet, o diabo, são os adoradores do deus dinheiro.
    Quem adora o dinheiro, se torna escravo dele, e jamais poderá adorar
    a DEUS e seguir o mandamento de Cristo, “Ama o próximo como a ti
    mesmo”. As coisas estão ficando claras no planeta. É o apocalipse de
    Jesus, bíblico. Claro que covardes e judas, sempre existirão, sejam
    socialistas, capitalistas ou outra denominação qualquer. Quem cobiça o
    dinheiro do próximo são os LADRÕES

    • kerwson lisi

      Tu és um recalcado que vive vestido na camiseta do assassino Che ganhando de arrego quanto pelego sindical governista…teus dias estão no fim…preparas-te incompetente!