A derrota comunicacional da esquerda na América do Sul

Quando a esquerda começou a tomar um por um os governos dos países sulamericanos, quando foi se instalando, aos poucos, uma onda de governos dispostos a fortalecer o papel do Estado, a trincheira buscada pelas forças neoliberais para se reagrupar e rearmar sua estratégia foi a da imprensa. Os danos causados pelas políticas neoliberais foram…

Os golpes de Estado do Século XXI (postagem atualizada)

Há pouco mais de um ano atrás, dias após a primeira marcha “contra a corrupção” – quando ainda não havia uma manobra política para se derrubar a presidenta Dilma Rousseff – , escrevi uma postagem aqui no blog sobre um longíquo tempo em que havia os que defendia, no Brasil, a ideia de que já…

O segundo turno argentino e o futuro do Mercosul

No último debate presidencial, no domingo passado (15/11), Mauricio Macri lançou um desafio para Daniel Scioli: “eu sendo presidente vou apresentar uma iniciativa para suspender a Venezuela do Mercosul, e gostaria de saber o que você fará sobre isso”. O argumento do candidato da direita argentina é que a Venezuela não é um país democrático,…

Um Chile em problemas com todos os vizinhos

Quem acompanha no noticiário o que acontece no Chile, ou no lado oriental da América do Sul, vai lembrar da recente vitória da Bolívia na Corte Internacional de Justiça de Haia, a primeira do longo processo no qual o país do altiplano pretende recuperar uma saída ao mar perdida na Guerra do Pacífico (1879-1883). A…

Papa Francisco pede perdão pelos crimes da Igreja durante a colonização da América

“Quero ser muito claro no que vou dizer, como foi João Paulo II, para, humildemente, pedir perdão pelas ofensas da própria Igreja contra os povos originários, e também pelos injustificáveis crimes cometidos em nome de Deus durante a chamada conquista da América”. Essas foram as palavras que o papa Francisco dedicou aos milhares de presentes…

Filha do assassino de Che Guevara se torna primeira mulher general da Bolívia

Quando recebeu o bastão de mando das mãos do presidente Evo Morales, no dia 9 de março passado, Gina Reque Terán entrou para a história. Acabava de se tornar a primeira mulher a alcançar o posto de general do Exército da Bolívia. Num continente onde a participação das mulheres nas Forças Armadas é de apenas…

Os golpes de Estado do Século XXI

Houve um tempo em que se defendia no Brasil a ideia de que já não havia espaço para golpes de Estado na América Latina. Supostamente, as ditaduras nos haviam ensinado o que não queríamos, e nos Anos 90, alguns comentaristas políticos diziam isso, com uma segurança contagiante, tanto que me contagiaram na época. Lembrei desses…

Papa Francisco pode mediar conflito entre Bolívia e Chile

Silenciosamente, o Papa Francisco vai aumentando sua influência política no continente. Terminou sendo o herói inesperado da inesperada notícia bomba do fim de 2014. As reatadas relações diplomáticas entre Cuba e Estados Unidos não foram obra exclusiva do argentino, mas sua mediação teve influência, talvez decisiva, para se buscar uma posição em comum entre duas…

América Latina despede 2014 de muitos votos e poucas mudanças

Chega ao fim um 2014 cheio de eleições no hemisfério ocidental, especialmente nos países da América Latina. Ao todo, foram sete processos eleitorais, bem espalhados pelo continente. Porém, na prática, pouca coisa mudou, ainda mais se considerarmos que todos os presidentes que tentaram sua reeleição a obtiveram, e em outros dois países venceu o candidato…

Evento em São Paulo discute América do Sul em perspectiva: Brasil, Colômbia e Venezuela

O “Seminário Internacional América do Sul em perspectiva: Brasil, Colômbia e Venezuela” será realizado no dia 11 de novembro, terça-feira, na Biblioteca do Memorial da América Latina em São Paulo. Durante todo o dia, das 9h às 21h, serão divulgadas pesquisas realizadas por pesquisadores da Colômbia e do Brasil para interessados em debater o cenário…