O urso que deu um oscar para o Chile

Se o Leonardo di Caprio precisou até sair no braço com um urso para conseguir um oscar, imaginem uma modesta produção latinoamericana. Mas sim, a América Latina também faturou uma estatueta inédita neste domingo, e também graças a um urso. Se trata do curta de animação chileno Historia de un Oso (“História de um Urso”), filme escrito e dirigido por Gabriel Osorio.

O urso protagonista da comovente "História de um Urso" está inspirados na vida real do avô do autor da obra, um exilado da ditadura chilena. (foto: Punkrobot Studio)

O urso protagonista da comovente “História de um Urso” está inspirados na vida real do avô do autor da obra, um exilado da ditadura chilena. (foto: Punkrobot Studio)

A história do urso que o título anuncia foi inspirada na vida do avô de Gabriel, um ex-militante socialista que foi preso durante a ditadura chilena e viveu dez anos no exílio no México e no Reino Unido.

A vitória dos chilenos compensa a frustração latina com a derrota do brasileiro O Menino e o Mundo, também uma animação, que perdeu na categoria longa-metragem.

Esta foi a primeira estatueta hollywoodiana obtida pelo Chile, mas o sucesso de Historia de un Oso não se resume a este prêmio. Assim como O Menino e o Mundo, o curta chileno ganhou dezenas de festivais pelo mundo entre 2014 e 2015, o que levou o trabalho a ser lembrado entre os nominados pela Academia estadunidense.

O produtor do filme, Patricio Escala, havia afirmado, antes mesmo da premiação de domingo, que a equipe estudava a proposta de fazer uma nova versão do filme, desta vez em longa-metragem. A confirmação desse projeto poderá vir depois desta terça-feira (1/3), quando a equipe de produção será recebida no Palácio de La Moneda, pela presidenta chilena Michelle Bachelet e pelo ministro de Cultura, Ernesto Ottone, além de membros do Conselho Nacional da Cultura e das Artes – que já financiou o curta.

Por questões de direitos de exibição, reproduzimos aqui apenas um trailer de Historia de un Oso, mas quem quiser ver todos os dez minutos de filme pode encontrar facilmente nas redes sociais, ou em sites chilenos como o que você pode acessar clicando neste link.