Um Lenín moreno para salvar a esquerda latina

É grande a apreensão em toda a América Latina a respeito do que acontecerá neste domingo (19/2) na metade do mundo. Apreensão que toma conta especialmente das esquerdas equatoriana e latinoamericana, que não dissimulam a metáfora do último fio de esperança. Essa esperança se chama Lenín (assim mesmo, com acento no “í”), uma saborosa curiosidade…