Um Foro de São Paulo no pior momento da esquerda sulamericana

Começou nesta quarta-feira (29/7), na capital do México, o 21º Encontro do Foro de São Paulo, num momento em que os projetos políticos de esquerda na região, especialmente os da América do Sul, enfrentam sua grande encruzilhada.

Um evento fadado a ver travada a agenda progressista pura, com diversas questões e problemáticas sobre a mesa sendo relegadas pela urgência em se discutir como frear a avançada conservadora e seu afã por recuperar o poder em diversos países.

Foro 1

Curiosamente – e há quem duvide de que isso seja mera coincidência –, todos os países da América do Sul governados por frentes de esquerda ou de centro-esquerda passam por crises políticas atualmente, com questionamentos aos governos ou diretamente aos presidentes, alguns defendendo abertamente a interrupção de seus mandatos. É interessante verificar quatro fatores desse cenário.

O primeiro é o fato ser sediado num México onde a esquerda está mais dividida que nunca – o que talvez seja valioso como metáfora do que acontece um pouco em vários países da região –, incapaz de aproveitar os desatinos da mais uma gestão desastrosa do PRI. Um dos principais anfitriões do atual evento é o PRD (Partido da Revolução Democrática), que rachou no ano passado, e perdeu seu principal líder político. Andrés Manuel López Obrador, duas vezes candidato presidencial, deixou o partido para se somar a um novo referente da esquerda mexicana o Morena (Movimento de Regeneração Nacional).

Outra circunstância importante é como a crise econômica mundial, e como é compreensível ela fortaleça a insatisfação popular, e que os governos paguem a conta dessa insatisfação, mas é pelo menos estranho o fato dessa insatisfação se manifestar menos, e sobretudo menos violentamente, em países governados pela direita, como Colômbia e Paraguai, que enfrentam a mesma crise e onde o descontentamento também existe – claro que a Colômbia também enfrenta a oposição das FARC, que não pode ser considerada pacífica, mas é dentro de outro contexto.

O terceiro fator, que não colabora tanto para as teorias conspiratórias, é que, se por um lado, a esquerda tem razão em reclamar de uma maior agressividade dos movimentos de direita nos últimos tempos, por outro, seria errado colocar nisso a culpa pela perda de popularidade dos governos, já que, em muitos casos, esses mesmos governos também pagaram pelos erros que cometeram, e geralmente esses erros foram os que levaram à perda da principal base de apoio.

Dilma Rousseff e Rafael Correa, dois presidentes que perderam apoio do seu próprio eleitorado. (Foto: EBC/Wilson Dias)

Dilma Rousseff e Rafael Correa, dois presidentes que perderam apoio do seu próprio eleitorado. (Foto: EBC/Wilson Dias)

O caso de Brasil é talvez o mais emblemático da região nesse sentido. A análise é conhecida, e já foi feita por muitos, mas vale repetir: em 12 anos de governo, mesmo nos momentos em que se equivocou, o PT jamais deixou que se tocasse nos direitos trabalhistas. A luta por esses direitos foi a que gerou o partido, lançou nacionalmente o seu maior líder histórico e o levou ao poder. Lula respeitou esse acordo informal com seu eleitorado e Dilma conseguiu sua reeleição quando apontou a esse eleitorado cativo, dizendo que “os direitos trabalhistas não se tocam nem que a vaca tussa”. Mas, uma vez reeleita, ela nomeou um ministro da Fazenda neoliberal e lançou o pacote de medidas desenhadas por ele, que atentam contra direitos conquistados pelos trabalhadores. Os movimentos contra a corrupção somente se aproveitaram, mobilizando os que sempre estiveram contra os governos do PT, mas o que coloca realmente a gestão em cheque é o fato de que aqueles que votaram em Lula e Dilma nesses últimos doze anos se sentem decepcionados ou traídos, e muitos já não estão dispostos a defender o governo ou o partido do governo.

Algo parecido acontece no Equador, onde o governo enfrenta problemas após o lançamento da nova Lei de Heranças, que aumenta os impostos de maneira gradual, cobrando mais das maiores fortunas legadas. Uma medida que seria facilmente defendida pelas esquerdas, se não fosse pelo fato de o governo ter impulsado, semanas antes, outro novo projeto, a nova Lei da Justiça do Trabalho, que inclui medidas que afetam direitos sindicais históricos e que diminui sensivelmente a verba estatal para a previdência. A medida dividiu os movimentos sociais no país, principalmente o movimento sindical, e essa divisão colaborou para haver menos reação às manifestações da direita contra a Lei de Heranças.

No Chile, uma Michelle Bachelet que iniciou seu mandato prometendo mover os pilares do neoliberalismo ortodoxo – construídos pelos Chicago Boys, durante a ditadura –, combatendo a ideia de que tudo é bem de consumo e reinstalando no país o conceito de direitos sociais, começa a claudicar e a aceitar o discurso de moderação dos aliados do PDC (Partido Democrata Cristão), diminui a aposta na gratuidade da educação pública e se distancia da possibilidade de uma Assembleia Constituinte para enterrar a carta magna de Pinochet, e com isso, também vê sua popularidade desmoronar. Importante destacar, no caso chileno, que as forças que criticam a presidenta não pedem abertamente a sua derrubada – como no Brasil, no Equador e na Venezuela –, e isso claramente se deve a que o país tem o precedente mais doloroso do mundo sobre as consequências desse tipo de golpe. Mas sim surgiram rumores muito estranhos na imprensa chilena, em meados de abril, dizendo que Bachelet havia considerado a hipótese de renunciar, os que, embora desmentidos, aumentaram a pressão sobre o seu governo.

Michelle Bachelet e Cristina Fernández de Kirchner. Sinais dúbios que geraram descontento nas bases. (Foto: AFP)

Michelle Bachelet e Cristina Fernández de Kirchner. Sinais dúbios que geraram descontento nas bases. (Foto: AFP)

Venezuela e Argentina são crises mais antigas, e talvez também as mais urgentes, já que enfrentam eleições cruciais neste segundo semestre. Na Argentina, cujo pleito presidencial será em outubro, o kirchnerismo decidiu nomear seu candidato preferido para a sucessão de Cristina Fernández, em vez de deixar ele ser eleito nas primárias de agosto, como estava programado – e além disso, escolheu Daniel Scioli, o mais popular, mas também o mais moderado, ou menos progressistas dos candidatos da esquerda, gerando certa frustração nas bases.

A Venezuela terá eleições parlamentárias em dezembro, e uma derrota do chavismo pode colocar Maduro em maus lençóis, não só por uma eventual perda da maioria na Assembleia Nacional, mas porque uma demonstração de força eleitoral pode levar a oposição a apostar no referendo revocatório em 2016 – acusada de ditatorial, a constituição venezuelana é uma das mais democráticas do continente, e permite à oposição solicitar um referendo para questionar o presidente quando ele chega à metade do seu mandato, como o Hugo Chávez teve que enfrentar em 2004, e Maduro chegará à metade do seu mandato no ano que vem.

Pode-se dizer que Bolívia e Uruguai vivem problemas menores, já que não enfrentam crises políticas mais agudas nem ameaças à ordem institucional, mas timidamente começam a nascer, principalmente na Bolívia, alguns movimentos que reclamam da falta de projetos de país voltados realmente ao fortalecimento de direitos sociais e não somente a uma melhor distribuição de renda e posterior inserção dos pobres no consumo.

Daí vem o quarto fator que incide sobre o cenário deste encontro do Foro de São Paulo. A melhor distribuição de renda e a diminuição da pobreza foi uma conquista de quase todos os governos de esquerda nesta última década, porém, em termos de se consolidar outros direitos sociais, como fortalecer o acesso à educação e a um serviço de saúde públicos, gratuitos e de qualidade, os resultados foram discrepantes: alguns governos fizeram mais, outros menos, mas poucos podem exibir modelos perfeitos a esse respeito, capazes de evitar as críticas opositoras – e o fato de que essas oposições quase sempre foram determinantes para obstaculizar ou sabotar as iniciativas a esse respeito serve para aliviar a pena da militância, mas não convence a população.

Reunião de abertura do 21º Encontro do Foro de São Paulo, na Cidade do México. (Foto: TeleSur)

Reunião de abertura do 21º Encontro do Foro de São Paulo, na Cidade do México. (Foto: TeleSur)

É bem possível que os direitos sociais como novas prioridades dos governos de esquerda da região tenham sido tema de encontros anteriores do Foro de São Paulo. Mas não foram levadas tão a sério quanto deveriam, num momento em que, se tivessem impulsado medidas reais, que estivessem dando frutos neste momento, não freariam o ímpeto da direita por recuperar o poder, mas poderiam evitar a perda de apoio popular dos governos, ou diminuir os prejuízos em crises como a atual, quando a queda no preço das matérias-primas e a manutenção dessa baixa por longo tem na América Latina um dos continentes mais afetados – outro tema de discussão, a industrialização, para acabar com as economias baseadas na exportação de matérias-primas.

Não é à toa que o encontro deste ano reservou certa prioridade a dois eventos que acontecerão na jornada de quinta-feira (30/7). Um deles é um debate sobre o rol dos meios de comunicação na reação da direita latinoamericana. O outro é um seminário onde se realizará um balanço dos governos progressistas da região e se analisará a chamada “contraofensiva imperial”.

Uma reação que pode ser tardia, que nem por isso deixa de ser necessária, mas que para ser efetiva não pode ser a mera discussão de como manter o poder, e que precisa conter o reconhecimento dos erros cometidos, principalmente esses mais recentes, e as devidas correções no rumo, buscando recuperar o apoio perdido voltando a governar em favor das necessidades diretas da base popular que manteve esses governos vigentes durante quase todo este século.

  • Diogo

    Isso sim é golpe, a esquerda golpista, doida pra implantar ditaduras na america latina.

    • Carlos E. A. Henriques

      Diogo… qual sua idade?

      • Diogo

        E o que isso tem a ver com alguma coisa ?

        • Cidadão

          Pintou um clima aí, Diogo. Responda com sutileza, ou o Jean Wyllys vai te acusar de homofobia.

          • Carlos E. A. Henriques

            Não aprecio garotinhos, prefiro as vovozinhas. Mas vejo que falta conhecimento, até aí tudo bem mas no pior dos casos memória. Por isso perguntei a idade.

            • Hugo Junqueira

              Pequeno, tolo e DOUTRINADO esquerdopata Carlos E. A. Henriques, se ”falta algum conhecimento” amigo, é a vc….

              • Carlos E. A. Henriques

                Não sou esquerdista e muito menos direitista. na verdade gostaria de ser sueco, dinamarquês ou finlandes como o grande Linus Torvalds. Entende a a diferença?

                • kerwson lisi

                  Tá fácil…é só ir para Africa e de lá ir a nado ou numa destas balsas e pronto.Vai nessa que é legal a bessa.

              • mmcassio

                O GOVERNO QUE MAIS INVESTIGA NA HISTORIA!!!! É ISSO AÍ CIRO GOMES!!! VAMOS BOTAR ESSES GOLPISTAS, COXINHAS FROUXOS NO SEU DEVIDO LUGAR!!!! TOMANDO AGUA DE ESGOTO NA PAULISTA!!!!

                • Diogo

                  quem investiga é a polícia, que pertence ao Estado, não ao governo, saiba a diferença.

                • Hugo Junqueira

                  mmcassio (nome tipico de FAKE, portanto = COVARDE..) vejamos :

                  1-) Obrigafo pelo ELOGIO – ”coxinha” no meu dicionário :

                  Co.xi.nha
                  adj m+f
                  1 Propenso ao trabalho e ao estudo.
                  2 Ativo, laborioso, diligente, dedicado, competente.
                  subst m+f
                  1 Aquele que trabalha e que obtém ganhos através de seu esforço.
                  2 Aquele que dá valor ao mérito.
                  3 Cidadão brasileiro que não está envolvido em atos de corrupção e que não recebe benefícios do governo de forma ilícita ou sem real necessidade.
                  4 Aquele que não se faz de vítima da sociedade.
                  5 Pessoa que não inveja o que foi obtido através do esforço e do trabalho honesto

                  2-) QUAL PARTE de a esquerda radical é HISTORICAMENTE FALIDA vc não entendeu? PORTANTO, quem ”RELINCHA” é V-O-C-Ê…

                  3-) ”Que mais investiga”? = QUEM INVESTIGA É A POLICIA FEDERAL e o MINISTÉRIO PÚBLICO; nesse sentido :

                  a-) http://www1.folha.uol.com.br/p

                  b-) http://www1.folha.uol.com.br/p

                  4-) ”Água de Esgoto”? = São Paulo (GLORIA) o estado mais ”coxinha” da federação (êxtase) envia mais de 400 BILHÕES para a União poder ”dividir socialmente” MORMENTE cobrindo o déficit de outros estados e CARREGANDO PARTE DO BRASIL nas costas…ao final, recebe menos de 10% de volta…ISSO é:

                  a-) Trabalho

                  b-) Compatência

                  c-) REDUÇÃO DE DESIGUALDADES R-E-A-L (produzindo e PAGANDO DO BOLSO para ajudar outros estados, INCLUSIVE enquanto recebe milhares de migrantes desses mesmos estados que ajuda)

                  5-) COMPARATIVAMENTE, enquanto isso :

                  a-) O Governo Federal contrata ministro digamos…”conservador” e eleitor da oposição para consertar o CAOS que criou na economia.

                  b-) O Estado – irmão do Foro de São Paulo (Venezuela) após quase DUAS DÉCADAS de Chavismo e com todo petróleo, enfrenta DESABASTECIMENTO, inflação, criminalidade e autoritarismo recordes….

                  6-) Entendeu a REALIDADE (Histórica ) dos FATOS?

                  7-) ESTUDE….

                • kerwson lisi

                  Quem investiga sao as instituicoes, no caso o judiciario, que eh independente do executivo, que executa inkruzyzeh, toda roubalheira investigada.

            • Diogo

              perguntou pois é um completo retardado, memória ? lembra da guerrilha do araguaia ? que começou antes de 64 ? de que Cuba implantou uma ditadura e tem relações fortes e diretas com os partidos de esquerda brasileiros e o foro de são paulo, precisa de mais alguma coisa ?

          • Diogo

            Gente sem argumento tenta encontrar algum ad hominem pra atacar o interlocutor, talvez querer desmerecer minha colocação porque acha que eu “sou novo demais” ou “velho demais”…. enfim, minha idade não importa.

          • kerwson lisi

            kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Daniel Feijó

      Tá lendo muita Veja, para com isso cara, dá tempo ainda.

      • Diogo

        você é que anda repetindo jargão companheiro, não eu. Não leio veja, não precisa disso pra saber o que é o Foro de São Paulo, a grande democracia que é Cuba, etc… Você é só um pobre coitado que sofreu lavagem cerebral e não enxerga um palmo na frente do nariz.

        • Hugo Junqueira

          PERFEITO Diogo…é complicado conversar com ZUMBI esquerdopata…

        • Daniel Feijó

          Doutrinado pelo MEC? Essa é velha, muda o disco, e outra o que é democrático para ti? Vai dizer que é tudo conspiração comunista?

          • Diogo

            democrático é quando o povo decide, nem tudo é conspiração comunista, só quando tentam implantar um Estado Totalitário e tratar os indivíduos como gado.

      • Hugo Junqueira

        Daniel Feijó : ERRATA = é vc quem foi absolutamente CEGADO e DOUTRINADO amigo…após quase duas décadas de Chavismo a Venezuela enfrenta DESABASTECIMENTO, inflação, criminalidade e autoritarismo recordes…esse é o ”estado de bem viver social” proposto pelo Foro de São Paulo…AINDA (?) da tempo de V-O-C-Ê acordar e deixar de ser um ”idiota útil”…

        • Daniel Feijó

          Bom, achas mesmo que concordo com o que acontece lá? Mas convém lembrar que o Chávez só chegou lá devido a governos mais corruptos que negligenciaram grandes parcelas da população por décadas. Abraço.

          • kerwson lisi

            Nan, nin, ná non….ele chegou no,poder prometendo e dando tudo ao povo que não sabia que estava vendendo seu país e sua própria liberdade…assim como fazem no Brasil com bolsa tudo para comprar o voto dos ignorantes, fizeram lá até falir a Venezuela, que é o país mais rico da América Latrina. pois o peróleo o faz momentaneamente assim.Chaves jogou tudo para o povo enquanto roubada a Venezuela e sustentava Fidel.Na net tem as filhas do Chaves e o filho de Maduro se abanando com dólares, enquanto o povo usa remédios veterinários não tem alimento e nem papel higiênico.Aqui vc já sabe como está…falido!

      • kerwson lisi

        Como eh possivel viver aqui e agora e nao notar o que acontece nos paises bolivarianos, nem digo Cuba e Coreia pq aih jah eh de praxe, mas estamos falidos e o cara soh pq estah recebendo pixuleco nega tudo..eh vergonhoso.

      • Daniel Feijó

        Comunista… Kkk
        Mais um que acredita no papo de PT comunista também?

  • noNatuss

    Um bando de aproveitadores e corrutos, nada de progressismo aí.

  • HERMES FURTADO

    A esquerda só serve para SURRUPIAR o próprio povo. Bando de parasitas!!!

  • Marco Aurélio

    O encontro dos maiores ladrões que o mundo conhece.

  • EconomiaEco

    Um dos unicos objetivos da esquerda latina é se apossar dos bens do povo.

  • Alberto Magno Filgueiras

    A matéria é rica em informação e dá conta dos impasses vividos pelas formações que se alçaram aos governos pelo voto popular, porém sem o correspondente avanço na contenção da hegemonia conservadora na sociedade – onde o poder midiático, principal voz do conservadorismo, se exerce.

    • Hugo Junqueira

      ERRATA : a esquerda radical é HISTORICAMENTE (URSS, Alemanha Oriental, Coréia do Norte, Cuba, Venezuela e outros LIXOS bolivarianos a caminho…) FALIDA, frustrada e incomPTente. ponto.
      O Conservadorismo = SALVAÇÃO…ponto.

      • Robson

        Históricamente falida? … quem ganhou pela 4ª vez consecutiva as eleições no seu pais? … ahhh ,foi a direita entreguista … a direita da privataria … do arroxo … do desemprego … vamos acordar e discutir propostas para o Brasil, não ficar chorando igual a criança contrariada!!!! Perdeu, beleza, aceita a derrota e, ajuda a construir um pais melhor com propostas e criticas construtivas, não destrutivas e com fundamentos em informações obtidas através da midia brasileira, que todos sabemos (ou quase todos) é podre, fétida, nojenta e tem um lado … o lado do capital .. fui…

        • Hugo Junqueira

          Robson : PARABÉNS!! vc bateu todos os recordes de ignorância sociológica/histórica/política e econômica : foram, simplesmente, as coisas mais I-N-F-A-N-T-I-S que já li….por economia, estendo a vc a resposta dada a ” mmcassio ” acima….

        • kerwson lisi

          Direita e esquerda é essa polarização que interessa a esquerda corruPTa e assassina para mobilizar os idiotas úteis…viva o capital, o capitalismo, pois estes vagabundos recalcados da esquerda só existem as custas do capital.

      • mmcassio

        O GOVERNO QUE MAIS INVESTIGA NA HISTORIA!!!! RELINCHA COXINHA!!!!E NÃO SE ESQUEÇA: DIA 16/08 TOMANDO AGUA DE ESGOTO NA PAULISTA!!!!

        • Hugo Junqueira

          mmcassio (nome tipico de FAKE = portanto, COVARDE..) vejamos :

          1-) Obrigafo pelo ELOGIO – ”coxinha” no meu dicionário :

          Co.xi.nha
          adj m+f
          1 Propenso ao trabalho e ao estudo.
          2 Ativo, laborioso, diligente, dedicado, competente.
          subst m+f
          1 Aquele que trabalha e que obtém ganhos através de seu esforço.
          2 Aquele que dá valor ao mérito.
          3 Cidadão brasileiro que não está envolvido em atos de corrupção e que não recebe benefícios do governo de forma ilícita ou sem real necessidade.
          4 Aquele que não se faz de vítima da sociedade.
          5 Pessoa que não inveja o que foi obtido através do esforço e do trabalho honesto

          2-) QUAL PARTE de a esquerda radical é HISTORICAMENTE FALIDA vc não entendeu? PORTANTO, quem ”RELINCHA” é V-O-C-Ê…

          3-) ”Que mais investiga”? = QUEM INVESTIGA É A POLICIA FEDERAL e o MINISTÉRIO PÚBLICO; nesse sentido :

          a-) http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/08/1663789-prisao-de-jose-dirceu-recoloca-pt-na-mira-da-operacao-lava-jato.shtml

          b-) http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/05/1623622-lula-e-investigado-por-trafico-de-influencia.shtml

          4-) ”Água de Esgoto”? = São Paulo (GLORIA) o estado mais ”coxinha” da federação (êxtase) envia mais de 400 BILHÕES para a União poder ”dividir socialmente” MORMENTE cobrindo o déficit de outros estados e CARREGANDO PARTE DO BRASIL nas costas…ao final, recebe menos de 10% de volta…ISSO é:

          a-) Trabalho

          b-) Compatência

          c-) REDUÇÃO DE DESIGUALDADES R-E-A-L (produzindo e PAGANDO DO BOLSO para ajudar outros estados, INCLUSIVE enquanto recebe milhares de migrantes desses mesmos estados que ajuda)

          5-) COMPARATIVAMENTE, enquanto isso :

          a-) O Governo Federal contrata ministro digamos…”conservador” e eleitor da oposição para consertar o CAOS que criou na economia.

          b-) O Estado – irmão do Foro de São Paulo (Venezuela) após quase DUAS DÉCADAS de Chavismo e com todo petróleo, enfrenta DESABASTECIMENTO, inflação, criminalidade e autoritarismo recordes….

          6-) Entendeu a REALIDADE (Histórica ) dos FATOS?

          7-) ESTUDE….

          • mmcassio

            AQUELE QUE ACHA QUE O SEU REAL VALE MAIS DO QUE O DOS OUTROS, AQUELE QUE ACHA QUE FOI O PT QUE INVENTOU A CORRUPÇÃO, AQUELE QUE INTERDITA O DEBATE COM IDIOTICES!!!! CARO HUGO SUA ANALFABETICE POLITICA INTERDITA QUALQUER DEBATE!!!! EM FUNÇÃO DE NÃO HAVER PRESCRIÇÃO PARA ESSE QUADRO SUGIRO LER SUA VEJA E BEBER BASTANTE ESGOTO EM SP, DE PREFERÊNCIA COM SUA COMUNIDADE DO FACE SEU VERME!!! COXINHA FROUXO!!!

  • Cidadão

    Onde é?

    Vou ligar pro Estado Islâmico e falar que tá cheio de yazidis, cristãos e gays la dentro.

  • Mauro

    Bando de corruptos populistas, o único progressismo nesse fórum, e não foro, é o progresso do saldo das contas desses párias em paraísos fiscais. Vergonha nenhum deles fala em.combater a.corrupção.

  • Mauro

    O chavismo termina na próxima eleição na Venezuela assim como o kirscneirismo na Argentina. Corrupção generalizada, arrogância e censura são os principais problemas latino americanos e nenhum deles foi citado nessa matéria. E que matéria. Livrai-nos do mal…

  • João Guilherme Dyck

    Uma discussão interessante para a esquerda é como superar a seguinte máxima:
    “O socialismo acaba quando acaba o dinheiro dos outros”.

  • Bruno Martins

    esquerdistas corruptos, ineficientes…todos lixos…pobre América latrina

  • Carlos E. A. Henriques

    Chaves, Lula, Dilma e Cristina e Néstor Kirchner, Evo Morales, Lugo e Humala. Todos tiveram diagnóstico de algum tipo de câncer. Coincidência, não?

    • kerwson lisi

      justiça divina a moda brasileira, pq só matou o Chaves qdo deveria ter morto a todos.

      • Carlos E. A. Henriques

        É… se fosse a moda russa teriam usado Po210 (polônio).

    • Marcos

      Tudo culpa do Imperialismo!

  • Lula Consultor

    A esquerda vende a ilusão que todos tem direito aos bens sem a necessidade de produzí-los. No dia em que a esquerda entender que é preciso trabalho e produção para garantir o bem estar, ficará no poder para sempre. Até fará voos de galinha que não se sustentam ao longo do tempo.

    • Daniel Feijó

      Onde tá dito isso, meu caro…

      • Cidadão

        Ai em cima, no comentário do Lula Consultor. Nem todo mundo repete o que está nos livros.

    • Fernando Oelze

      A esquerda vende a ideia que todos tem direito aos bens que produzem, meu caro. A esquerda prega o fim da venda de força de trabalho dos que vivem na miséria e do enriquecimento daqueles que não trabalham. A esquerda exalta o trabalho, mas defende o trabalho integrado com o prazer, pelo fortalecimento e pela autonomia do país, e não uma atividade semi-escravista que nada mais gera além de miséria e desgraça. Antes de me chamar de comunista e esquerdopata, eu só conheço as políticas que geram meu país, se vocês realmente se interessam por assumir essa faceta de “direita militante”, o que em si já é uma cômica contradição, pelo menos utilizem daquilo que realmente move o país: estudo e conhecimento. Estes que são fundamentais para gerar consciência política e social dentro de um povo, para a construção de um modelo de governo que não seja vendido aos grandes empresários como é o nosso Brasil hoje, após tantos tristes e desgastantes anos afundados numa conduta neoliberalista e covarde, essa sim, um atraso histórico pro desenvolvimento autônomo da nossa nação. Estou insatisfeito com o governo atualmente, mas tenho conhecimento do que acontece dentro do meu país, e esse conservadorismo crescente e reacionarismo estridente que vem transformando nossos cidadãos de direita em robôs anti-populistas/comunistas/socialistas/progressistas, etc são apenas alguns dos vários tumores que mais colocam em risco a estabilidade política do nosso país hoje. Sendo assim, comentários como o seu (moderado, até, mas repleto de informações precipitadas e sem fundamento) servem mais como um desserviço pro leitor do que como uma contribuição de um cidadão de oposição. Meçam suas palavras, reaças.

  • Bronson Rafael

    Matéria visivelmente tendenciosa e desonesta – uma vez que simplesmente não cita em nenhum momento no texto a palavra CORRUPÇÃO.
    A esquerda latino-americana já vai tarde !!

  • kerwson lisi

    Quando sabemos que algo não dá certo para o povo, e só dá certo para os ditadores e seus capangas, pq insistimos…a ideologia de esquerda não deu certo em nenhum lugar, pq até a China só se salvou por ter mudado para capitalismo de estado. Cuba e Coreia de tão vergonhoso que é, me recuso até a citar quanto exemplo de civilidade.O que temos de levar quanto consideração fundamental para avaliar um sistema de governo é simples; é garantido ou não, ao cidadão, o estado de direito democrático.Se não, nem pensar, seja ele esquerda ou direita.Pronto, é isso aí.Agora ficar discutindo se é esquerda ou direita é inútil, se não existir democracia plena, e diga-se de passagem, a esquerda cativa e alienada por Antonio Gramsci, quer a ferro e a fogo a hegemonia, e mesmo sendo de conhecimento de todos seus objetivos, ainda tem a audácia de falar tempo todo em democracia,querendo nos fazer de idiotas úteis, isto é abjeto e inademissível.Fidel quanto exemplo é um nojo.

  • Antiproblema

    Acho engraçado quando se coloca que a direita está mais agressiva. Ou eu não estou sabendo, ou deve estar tirando esquerdistas da sua casa para serem espancados, as ofensas estão graves demais e até mesmo fazem panelaços que não os deixam dormir. Não vejo isso acontecer.
    Uma coisa é clara: Muito tempo no poder gera desgastes, o que é natural. O que não está sendo natural são as respostas desastrosas que muitos governos de esquerda passam para a sua população, cometendo erros de avaliação de cenários econômicos e se atolando cada vez mais em denúncias de corrupção, citando o caso do Brasil. Ou seja, a política calcada no crescimento econômico e amplos benefícios sociais chegou ao limite e é necessário novos caminhos, que neste momento os governos de esquerda latino americanos não conseguem enxergar.

  • Claudio Henrique Martins Souza

    É engraçado ver vocês falarem em progressismo com a esquerda … qual país no mundo que é de esquerda e que seja progressista? Só a China , mas ela já se tornou o país mais capitalista ao lado do EUA.
    Para 70 % dos brasileiros a esquerda nada mais é do que retrógrada em seus pensamentos do século 20 e suas atitudes populista que levaram a America Latina ao atraso e a pobreza .
    Esse Foro de São Paulo é uma vergonha e um abuso de uma elite política corrupta e populista que só pensam no poder pelo poder.

  • Ricardo Mendes

    Palavras ou frases como, golpismo, manter o poder, refrear ímpeto da direita seriam discurso de ódio?
    Outra questão: Falam em debate progressista e revolucionário, vanguardismo nas mudanças mas contudo Falam em direitos históricos como imutáveis, ora isso não é uma ortodoxia?
    Mudar é adaptar-se, é progressista e vanguardismo. Diferente disso é a velha, ortodoxa e cheirando naftalina cantilena esquerda que aliás, já cansou.

  • Marcio

    “a constituição venezuelana é uma das mais democráticas do continente” depois disso parei! Por favor vai se tratar quem sabe ainda dá tempo!

  • anonimo

    A Carta-Comuna tenta vender que trata-se de “um momento”; a máscara da mentira com o pacote gramsciano de introduzir um supositório bem lentamente no traseiro de cada sul-americano foi interrompido: caiu o supositório no meio do caminho e os latinoamericanos não chegaram a gozar o comunismo; sentiram a safadeza e agora do rico ao pobre, do homo ao hetero, do negro ao branco, do assalariado ao autônomo, todos vão exigir que serja extirpado este câncer a fórceps, este mal para a Humanidade.

  • Sergio Bertini

    Nao se enganem, estaremos prontos para enfrentar os comunistas.

  • Sergio Bertini

    a esquerda latina, se aproveita, da primariedade da dilma e lula, dois anoes, que se julgam, gigantes.

  • Leo Almeida

    A supremacia da direita no Brasil é algo alarmente. dominam a mídia, o judiciário, as empresas, os fieis das igrejas….Só não conseguiram eleger o presidente, mas o que importa é que DILMA está com as mãos amarradas. Não governa, não toma medidas necessárias, ante um congresso majoritariamente conservador, Dilma não faz nenhuma reforma e tudo indica que isso vai continuar….Lamentável ver esse filme. Parece que já vimos isso em 1964…

    • Ricardo Mendes

      Muda o disco. Estamos e 2015.

    • kerwson lisi

      “A supremacia da direita,,,,dominam a mídia, s empresas, fieis das igrejas…blá,blá,blá…este papo tá prá lá de ULTRAPASSADO.

      • Fernando Oelze

        Ultrapassado, sim. Porém, nosso conglomerado midiático, nossas “potências” evangélicas, os nosso prezados juízes e a grande maioria das grandes empresas que integram nosso país são controladas pela direita conservadora e reacionária. O que isso mostra é que nosso país é ultrapassado, e vai continuar assim enquanto nossas forças políticas forem servas dos grandes empresários que servem-se das nossas riquezas e da nossa grandeza pelo seu enriquecimento (este, cada vez mais ilícito). Sua relutância em querer tirar a credibilidade de fatos sociais que estão aí pra qualquer um ver só mostra o quanto a sua opinião e o seu modo de pensar política é ultrapassado, e o pior de tudo, engessado.

      • Fernando Oelze

        Ultrapassado, sim. Porém, nosso conglomerado midiático, nossas “potências” evangélicas, os nosso prezados juízes e a grande maioria das grandes empresas que integram nosso país são controladas pela direita conservadora e reacionária. O que isso mostra é que nosso país é ultrapassado, e vai continuar assim enquanto nossas forças políticas forem servas dos grandes empresários que servem-se das nossas riquezas e da nossa grandeza pelo seu enriquecimento (este, cada vez mais ilícito). Sua relutância em querer tirar a credibilidade de fatos sociais que estão aí pra qualquer um ver só mostra o quanto a sua opinião e o seu modo de pensar política é ultrapassado, e o pior de tudo, engessado. Nada que me surpreende, afinal, se manter nos ideais ultrapassados dos imperialistas de outrora é o charme da direita, não é mesmo?

        • kerwson lisi

          Conglomerado midiático uma ova, a mídia brasileira é predominantemente esquerdista, jornalistas e jornaleiros comunas que mandam mensagens subliminares de virtudes de um socialismo bufa, corruPTo e assassino, e jamais mostram a verdade deste fragelo socialista-comunistas, com seus milhões de mortos, países falidos, escravos misiráveis sem liberdade de qualquer espécie.Vc mesmo é um organico ou inocente útil destes criminos tipo Stalin, Fidel, Mao, e incontáveis outros…fora comunistas assassino, esquerda nem para guardar o Bráulio.

  • Lennon Brazetti

    hahaha, pensei que estava lendo carta capital, mas pelos comentarios parece que só leitor da veja faz comentarios! huahuahua, ainda bem que o povo esta abrindo os olhos e vendo o tanto de fakes da direta tentando persuadir os mais incultos.

    • kerwson lisi

      É bom ler o contraditório da Veja na CC para se confirmar que esta esquerda retrogada, assassina e falida só tem a oferecer o desastre.

  • Há um erro aí. O corte de direitos trabalhistas não foi elaborado por Joaquim Levy, mas sim por Mantega. Já estava pronto quando Levy tomou posse como ministro.

  • Bruno Queiroz

    Isso é golpe de estado. A Dilma tem que sair da presidência imediatamente, ela está querendo tirar todos os direitos sociais e trabalhistas, a desigualdade irá crescer mais do que é hoje em paralelo a violência, já está acontecendo e coisas irão piorar se o PT continuar no governo. Estão querendo implantar uma ditadura comunista em toda a America Latina e o Brasil tem que servir de exemplo contra esse governo. Não estamos vivendo uma democracia e sim um governo que busca privilégios para partidos apoiadores do PT. Nós não podemos admitir que a Constituição seja blasfemada.

  • Marcos

    Que caiam todos.

  • Quando o fundador do Foro for preso, como vai ser?

  • Claudio Almeida Dos Santos

    Desculpe-me pela ignorância porque chamar de progressistas as esquerdas que estão atrasando a America Latina em 50 anos!,sem exceção todos os governos chamados de esquerda progressista, não promovem o desenvolvimento,fecham as economias e deixam seus países com as calças nas mãos, sem dizer que o nível de corrupção nesses países que é endêmica!

  • Rogério

    É importante lembrar que os governos de esquerdas na América Latina não idênticos, uma vez que observam os direitos civis de maneiras distintas e pautam-se de diferentes maneiras pela ortodoxia econômica. Portanto, não é correto nivelar e igualar os governos do continente.

  • Hugo Junqueira

    NADA, ABSOLUTAMENTE N-A-D-A pode ser mair RETRÓGRADO e GOLPISTA do que a agenda do Foro de São Paulo.lembrando :

    1-) A Venezuela ”democrático” estado de ”bem viver social” após quase duas décadas de Chavismo (GOLPE : se apresentou nas primeiras eleições de terno e gravata dizendo que os investidores internacionais seriam ”muito bem vindos”..após se estabelecer com as urnas da SMARTMATIC passou para o modelito ”guerrilheiro” e EXPROPRIAÇÕES..) e com todo petróleo, enfrenta DESABASTECIMENTO, inflação, criminalidade e autoritarismo recordes…

    2-) AQUI MESMO vemos a ”comPTencia” populista bolivariana rendendo a crise atual e PONDO EM RISCO O PLANO REAL, verdadeira conquista dos Brasileiros.

    3-) MAS….COMO PODERIA SER DIFERENTE? a esquerda radical é HISTORICAMENTE (URSS, Alemanha Oriental, Coréia do Norte, Cuba, Venezuela e demais ”bolivarianos” a caminho…) FALIDA, fracassada e incomPTente.

    4-) Portanto, toda esta vergonhosa RETÓRICA GRAMSCIANA é uma aberta e definitiva DECLARAÇÃO DE INIMIZADE para com a democracia e o Brasil…

    5-) Ponto.

    • Rogério

      O seu comentário é carregado de esteriótipos e preconceitos. O problema do desabastecimento da Venezuela não decorre da lógica do pensamento de esquerda atual. Mas, resultado do autoritarismo e infração ao cânones da ortodoxia econômica. Outra coisa, é um engano dizer que a inflação de 2015 é resultado apenas de políticas adotadas pelo governo atual. Outro ponto é um absurdo conceitual definir o Brasil como bolivariano. Outro erro é reduzir as esquerdas aos exemplos que você citou, sobretudo, porque não existe esquerda, o que há são esquerdas e o pensamento de esquerda atual não descarta a liberdade e a democracia. Dizer que as esquerdas descartam a democracia é uma forma de enxergar que remonta a Guerra Fria. Depois, existe outros países que garantem amplamente direitos sociais para a população e que segundo o esteriótipo poderiam ser definidos como de esquerda e que você não mencionou, a saber: Suécia, Suíça, Dinamarca, Noruega e Finlândia. Recomendo a leitura de Direita e Esquerda, de Norberto Bobbio.

      • Hugo Junqueira

        Rogério :

        1-) COMEÇANDO pela PIOR (de longe) parte :

        a-) Dada a sua ABSOLUTA ignorância política/sociológica/historica e econômica do Brasil e do mundo NÃO ”recomende” NADA (nunca) a NINGUÉM.

        b-) ”Depois existe outros países” = EXISTEM outros países (aprenda a escrever, depois passe para considerações político/ideológicas)

        2-) SE VC NÃO CONHECE (e portanto não entende) a agenda ”bolivariana” do Foro de São Paulo para a América Latina, não pode tentar, com base nos seus EXÍGUOS conhecimentos, ”separar” Brasil e Venezuela do ponto de vista político/ideológico.

        3-) IGUALMENTE (e pelo mesmo motivo) vc deve ignorar que referido Foro foi criado por…..? por…..? Lula e Fidel….ou seja, esse mesmo organismo que tem o verniz externo de ”foro de debates” foi criado para criar uma America Latina governada por ”bolivarianos”…nesse sentido O Brasil foi mais ”bolivariano” do que a Venezuela, portanto.

        4-) SUA RETÓRICA atinge graus de absoluta TOLICE INFANTIL ao (incrível…) dizer :

        ”O problema do desabastecimento da Venezuela não decorre da lógica do pensamento de esquerda atual. Mas, resultado do autoritarismo e infração ao cânones da ortodoxia econômica. Outra coisa, é um engano dizer que a inflação de 2015 é resultado apenas de políticas adotadas pelo governo atual.”

        vejamos :

        a-) Pequeno esquerdopata, a Venezuela vem a QUASE DUAS DÉCADAS de Chavismo…SE NÃO FOI CULPA do Governo atual…

        b-) TODAS AS POLITICAS ECONÔMICAS POPULISTAS e incompetentes, inclusive TABELAMENTO de preços e EXPROPRIAÇÕES de empresas já foram tentadas lá…

        c-) E ISSO COM TODO O PETRÓLEO (3º maior reserva do mundo, num país pequeno = muito recurso, pouca população para dividi-lo) o que se traduz na MAIOR PROVA PRÁTICA RECENTE (digo isto porque MALGRADO a burrice da esquerda, já temos os clássicos exemplos históricos da URSS, Alemanha Oriental etc…) da ABSOLUTA INCOERÊNCIA das teses econômicas da esquerda radical…

        5-) O resto nem vou comentar, dada a REDUNDÂNCIA e inconsistência…

        6-) ESTUDE…

    • kerwson lisi

      Vide o projeto abjeto PNDH3 feito pelos capangas do LULA a mando da esquerda caviar crápula.

  • kerwson lisi

    Enquanto o mundo cresce e se desenvolve os paises bolivarianos tipo Argentina,Venezuela,Brasil, mais a Russia, todos de governo seguidores da esquerda nefasta afundam, e insistem nesta crime autoritário gramsciano.

    • Rogério

      Honestamente, você leu alguma obra de Gramsci? Troque os artigos de Reinaldo Azevedo, Rodrigo Constantino e outros articulistas que apenas disseminam preconceito e ignorância pelas obras do italiano Norberto Bobbio, do inglês Anthony Giddens (amigo do presidente Fernando Henrique) e do americano John Rawls.

      • kerwson lisi

        Se falei é pq li e conheço muito bem a obra de Gramsci, escrita originalmente no cárcere em Mussolini o colocou, e disposta em 33 cadernos, em que coloca o estado quanto o príncipe e orienta a busca da hegemonia do poder, pelo controle da cultura e mídia, sem o uso do fuzil como se pregava então.E para vc que defende este desastre social, ele o nominou quanto “idiota útil”, que é aquele que ajuda para fazer a festa, mais é proibido de participar, ou talvez vc seja o que ele cita quanto “intelectual orgânico”, que é aquele que sendo cruel sufuciente pode fazer parte da gangue.Aqui foi publicado e seis facículos, mas só na década de sessenta é que os comunas nativos e retrógados tomaram conhecimento deste plano sórdido, e óbvio, acharam o máximo, e aplicam até agora no nosso país.Assim como todos os países que tentaram o comunismo faliram e mataram milhões, aqui na America Latrina nem chegaram na hegemonia e já estão falindo aos montes.Enquanto isto, os pilantras vivaldinos de Cuba, festejam a reaproximação com os EUA e já colocaram quamto prioritario o aprendizado do Inglês nas suas escolas.E tem mais hein…o Brasil é tão bolivariano que jamais teceu qualquer crítica à Venezuela, até mesmo hoje que o ditador Maduro expulsa os Columbianos sem qualquer razão, somente para desviar o foco da desgraça que está no país que ele oprime, a Dilma nada diz, e vc ainda vem dizer que este governo não é bolivariano é piada.

    • Daniel

      Vai estudar cara… O governo da Russia é de extrema direita.. Esse negócio de ficar seguindo o astrólogo geocentrista está fazendo seu cérebro definhar.

      • Admir Nogueira

        Putin de extrema direita? Daqui a pouco vai falar que o Kim-Jong-Un é também.

  • Leduard

    Um artigo que cheira mofo. Quanto delírio, quanta balela. A esquerda ancora o atraso, ignora as leis da economia e insiste num discurso envelhecido e repetitivo. Distorcer os fatos e achar culpados outros para seus erros também continuam arraigados em suas tradições.

  • PauloRJ

    Os governos de esquerda estão apenas pagando pela sua propria incompetência. Só não vê quem é cego ou mal intencionado. Comunismo não deu certo em nenhum lugar do mundo e não será aqui na América Latina que será diferente. Chega de demagogia, vitimismo e populismo.

  • Robson

    Não sabia q a CC tinha virado reduto de coxinhas!!!
    A midia marrom continua formando opinões cada vez mais idiotas!
    Defender o retrocesso não é vontade desses pobres coxinhas, eles são manipulados, coitados. E, ainda, serão deixados de lado quando a “direita neoliberal” vendedora do pais, tomar o poder (se é que um dia conseguirão)!! No mais, esses diogo e hugo, nem devem ter vivido na pele a privataria tucana … não devem saber que a vale foi vendida pelo valor equivalente ao seu lucro de um trimestre … que as teles, foram vendidas com dinheiro do proprio pais … as compras foram financiadas com o dinheiro publico … coisa de pai pra filho … “vc quer comprar as teles?; – sim; – então eu vendo!; – mas não tenho dinheiro!; – não tem problema, eu empresto pra você!!! piada!

  • mmcassio

    PSEUDO ELITE DE SP: VCS SÃO COMICOS E IDIOTAS É CLARO!!!!! RELINCHEM SEUS ANALFABETOS POLÍTICOS E APROVEITEM A VEJA ENQUANTO PODEM!!!! EDITORA ABRIL, A CAMINHO DA RECUPERAÇÃO JUDICIAL!!!!

  • Josias Negrão

    Democracia onde? vocês lutam pra implantar uma ditadura assassina como a ditadura cubana seus ladrões do caralho, vão pro quinto dos infernos,marxistas animais, monstros destruidores de família e de nações, vão pra puta que os pariu seus lixos

  • kerwson lisi

    Reiniao de quadrilheiros aprimorando a tecnica de roubar seus referidos povos…

  • Vagner Castro

    Queria saber, se possivel for, de onde a esquerda tirou o termo “neoliberal”, sério qual autor defende, fala ou cria essa coisa de “neoliberal”?
    Até o momento não encontrei um único autor libertário que defenda a tese de um novo liberalismo.